Política

Moro diz que não tem nada a esconder, aprovado texto que permite derrubar decreto de armas, Dallagnol é convidado a dar explicações sobre mensagens divulgadas e mais notícias3 min

June 20, 2019 2 min read

author:

Moro diz que não tem nada a esconder, aprovado texto que permite derrubar decreto de armas, Dallagnol é convidado a dar explicações sobre mensagens divulgadas e mais notícias3 min

Reading Time: 2 minutes

Em comissão do Senado, Moro diz que não tem nada a esconder

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que não tem nada a esconder sobre as conversas atribuídas a ele e procuradores da Lava Jato. Ele afirmou que as mensagens podem ter sido alteradas e defendeu que o conteúdo seja submetido a uma “autoridade independente”. Sérgio Moro foi à comissão para dar explicações sobre as supostas mensagens que começaram a ser divulgadas pelo site The Intercept este mês.

Senado aprova texto que permite derrubar decreto de armas de Bolsonaro

Por 47 votos a 28, o plenário do Senado aprovou o projeto que suspende os efeitos do decreto do presidente Jair Bolsonaro que facilita o porte de armas no país. O texto agora segue para análise da Câmara e deverá tramitar em regime de urgência. Questionado sobre o que faria se o decreto fosse derrubado, Bolsonaro disse que ele não poderia fazer nada, pois não é um ditador e sim um democrata.

Comissão Especial faz segundo dia de debate sobre reforma da Previdência

A comissão especial da Câmara que analisa a reforma, abriu o segundo dia de debate sobre o parecer do relator Samuel Moreira que foi modificado na semana passada. No primeiro dia de debate, 65 deputados discursaram durante uma sessão de 12 horas. Na ocasião, Samuel Moreira disse aos deputados que o parecer está sujeito a alterações e que, pelas regras da Câmara, ele pode apresentar uma complementação de voto.

Bolsonaro edita nova MP para manter demarcação de terras indígenas no Ministério da Agricultura

O presidente Jair Bolsonaro editou uma nova medida provisória para transferir para o Ministério da Agricultura, a responsabilidade da demarcação de terras indígenas. O texto foi publicado nesta quarta-feira (19). Em janeiro, uma primeira MP que já mudava a estrutura foi criado, no entanto foi alterada no Congresso e os deputados decidiram levar a função de volta para a Fundação Nacional do Índio (Funai), vinculada ao Ministério da Justiça.

CCJ do Senado aprova convite para Dallagnol comparecer ao plenário para se explicar

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou um convite para que o procurador da República Deltan Dallagnol se explique ao colegiado sobre a troca de mensagens divulgadas pelo site The Intercept. Por se tratar de um convite, o procurador não é obrigado a comparecer à CCJ.

STJ manda a júri popular os acusados por incêndio na boate Kiss

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiu mandar os acusados pelo incêndio na boate Kiss a um júri popular. Isso quer dizer que caberá à justiça de Santa Maria definir os próximos passos do processo e marcar o júri popular. A defesa dos réus ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

Advertisements