Política

Regina Duarte assume Secretaria de Cultura, Paulo Guedes comenta sobre o PIB de 2019 e mais notícias2 min

04/03/2020 2 min read

author:

Regina Duarte assume Secretaria de Cultura, Paulo Guedes comenta sobre o PIB de 2019 e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Regina Duarte na Secretaria de Cultura

A atriz que por muitos anos atuou em diversas novelas da TV Globo e de outras emissoras, agora é a nova responsável pela Secretaria de Cultura do Ministério do Turismo. No discurso de posse, Regina disse que vai buscar o diálogo e a pacificação do governo com o setor cultural.

Guedes opina sobre o PIB

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 ficou “dentro do previsto”. Mais cedo, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou em pesquisas que o PIB havia crescido apenas 1,1% em 2019, registrando a menor alta em três anos.

Bolsonaro contrata humorista para falar em seu lugar

Nesta quarta-feira, o presidente Jair Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada acompanhado do humorista Márvio Lúcio, mais conhecido como Carioca do programa Pânico. O humorista estava fantasiado e fazia gestos imitando o presidente da República. Questionado por jornalistas, Bolsonaro não deu nenhuma declaração e deixou que o humorista falasse em seu lugar sempre em tom de comédia.

13º para usuários do Bolsa Família

A comissão do Congresso que analisa da medida provisória sobre o 13º salário para beneficiados do Bolsa Família, aprovou o relatório que propõe tornar o pagamento permanente. O relatório estende também o 13º salário para quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Governo prepara medidas para a economia

Diante do pouco crescimento da economia em 2019, o governo federal está preparando medidas na área de crédito para estimular a economia em 2020. Nesta quarta-feira, o secretário Especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, disse que as medidas devem abranger o FGTS e o mercado de capitais buscando aumentar o crédito no país.

Redução da emenda parlamentar

Números divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério da Economia mostra que os projetos de lei orçamentária reduzem em R$ 9,6 bilhões o total disponível para emendas parlamentares. Com as mudanças, as emendas totais dos deputados e senadores passariam de R$ 46,2 bilhões para R$ 36,6 bilhões, uma redução de 20,7%.