Geral Política

Conheça Maurício Valeixo, apontado como o pivô da confusão entre Sergio Moro e Bolsonaro e mais notícias2 min

24/04/2020 2 min read

author:

Conheça Maurício Valeixo, apontado como o pivô da confusão entre Sergio Moro e Bolsonaro e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Ex-ministro Sergio Moro anuncia demissão

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou a sua demissão nesta sexta-feira (24) em uma coletiva de imprensa. O ex-juiz federal deixa a passar após um ano e quatro meses no governo Bolsonaro. A demissão foi motivada pela decisão de Bolsonaro de trocar o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, indicado para o posto pelo agora ex-ministro.

Bolsonaro se posiciona sobre demissão de Sergio Moro

O presidente Jair Bolsonaro disse que irá “restabelecer a verdade” sobre a demissão do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo e do ex-ministro Sergio Moro. Em um pronunciamento, Bolsonaro disse que Moro teria aceitado a troca do diretor da PF se o ex-ministro fosse escalado para ser ministro do STF.

Quem é Valeixo, pivô da confusão entre Sergio Moro e Bolsonaro?

O diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, foi exonerado de seu cargo a mando do presidente Jair Bolsonaro. Valeixo havia sido escolhido pelo ex-ministro Sergio Moro e era considerado o braço direito do ministro. A exoneração teria sido o motivo principal do pedido de demissão de Moro.

Aras pede inquérito ao STF para investigar as declarações de Moro

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu autorização ao Supremo Tribunal Federal para abrir um inquérito sobre o que foi dito pelo então ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Nas falas narradas por Sergio Moro, a PGR aponta, em tese, crimes de falsidade ideológica, coação no curso de processo, advocacia administrativa, prevaricação, obstrução de justiça, corrupção passiva privilegiada, denuncia caluniosa e crimes contra a honra.

Coronavírus: Brasil tem 3.670 mortes e 52.995 casos

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (24) o mais recente balanço dos casos de coronavírus no Brasil. 3.670 mortes já forma confirmadas e mais de 52.990 casos. Em apenas 7 dias mais de 1.323 mortes causadas pelo novo cornavírus foram confirmadas. São Paulo continua sendo o estado com mais casos e óbitos.

Câmara aprova texto-base de projeto que suspende pagamento do Fies durante a pandemia

A Câmara dos Deputados aprovou o texto de um projeto de lei que irá suspender por dois meses, prorrogáveis, a obrigação do pagamento do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) em razão da pandemia do coronavírus. Pela proposta, estudantes adimplentes ou com atrasos de no máximo 6 meses são beneficiados.