Geral Política

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro, Secretário do governo do Paraná é o novo ministro da Educação e mais notícias3 min

03/07/2020 2 min read

author:

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro, Secretário do governo do Paraná é o novo ministro da Educação e mais notícias3 min

Reading Time: 2 minutes

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro e PF cumpre mandado de busca

A força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo, denunciou o senador e ex-governador José Serra por lavagem de dinheiro. Nesta sexta-feira (3) a Polícia Federal fez buscas na casa em que Serra e a filha Verônica Allende Serra estavam. Verônica também foi denunciada.Na casa foram apreendidos pen-drives, HDs e computadores. Serra não estava no local por motivos de saúde

OMS diz que ‘nunca é tarde’ para frear a pandemia mesmo com altos números de casos no Brasil

Ao ser questionado sobre a reabertura que está sendo feita no Brasil, o diretor-executivo da OMS, Mike Ryan, afirmou que nunca é tarde demais para os países controlarem a pandemia. Ryan apontou que, apesar dos números no Brasil serem altos, houve uma estabilização de casos nos últimos dias. Até as 13h de sexta-feira, o Brasil tinha registrado 62.304 mortes e 1.508.991 casos de coronavírus confirmados.

Secretário de Educação do Paraná é o novo ministro da Educação

Nesta sexta-feira (3) o Planalto confirmou que o presidente Jair Bolsonaro escolheu Renato Feder para comandar o Ministério da Educação. Feder era secretário de Educação no governo do Paraná e é visto por aliados do governo como um nome “apaziguador”, ou seja, capaz de diminuir a tensão criada por Abraham Weintraub.

Contrariando o presidente Bolsonaro, ação no STF que obrigar o uso de máscaras em templos, comércio, escolas e indústrias

O PDT pediu ao Supremo Tribunal Federal que determine o uso obrigatório de máscaras em templos religiosos, comércio, indústrias, escolas e demais locais fechados com reunião de pessoas. Na prática, ao apresentar essa ação, o partido quer tornar sem efeito o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto aprovado pelo Congresso que previa o uso obrigatório nesses locais.

Justiça Federal nega suspensão de Weintraub para o Banco Mundial

A Justiça Federal do Distrito Federal arquivou uma ação que tentava suspender a indicação do ex-ministro Abraham Weintraub para o cargo de diretor do Banco Mundial. A ação apontava um desvio de finalidade e que a indicação não atende os interesses públicos, mas sim interesses pessoais do governo.

Ministro do STF dá 48 horas para governo se posicionar sobre medidas contra coronavírus em comunidades indígenas

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, deu 48 horas para que o presidente Jair Bolsonaro, a Advocacia-Geral da União e a Procuradoria Geral da União se manifestem sobre medidas contra a expansão do coronavírus entre índios. De acordo com a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), o país já tem mais de 10 mil indígenas contaminados pelo coronavírus. A ação ao STF foi apresentada pela Apib e por seis partidos (PSB, PSOL, PCdoB, Rede, PT e PDT).

Foto: Agência Globo