Geral Política

Prova do Enem 2020 será aplicada em janeiro, Número de casos de Covid-19 cresce, mas mortes estabilizam e mais notícias2 min

08/07/2020 2 min read

author:

Prova do Enem 2020 será aplicada em janeiro, Número de casos de Covid-19 cresce, mas mortes estabilizam e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Prova do Enem 2020 será aplicada em janeiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou que as provas do Enem 2020 deverão ser aplicadas em janeiro e fevereiro de 2021. A novidade desse ano é que as provas poderão ser feitas também online. De acordo com o anúncio do MEC, as provas impressas do Enem 2020 serão nos dias 17 e 24 de janeiro, já as provas online serão nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Coronavírus: número de casos semanais crescem, mas mortes estabilizam

Nesta quarta-feira (8), o Ministério da Saúde atualizou os números da pandemia do novo coronavírus no Brasil. De acordo eles, há uma subida na curva de casos confirmados e uma estabilização na curva de mortes. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo de Medeiros, afirmou que os números tem se mostrado relativamente constantes, sem grandes variações. Hoje o Brasil já tem 67.113 mortes e 1.683.738 casos confirmados de coronavírus.

Inscrições para o Sisu vão até o dia 10 de julho

As inscrições para o Sisu do segundo semestre de 2020 irão apenas até sexta-feira, dia 10. Estudantes que quiserem se candidatar a uma vaga em universidades e instituições federais deverão entrar no site do Sisu e usar a nota do Enem para se inscreverem. A divulgação dos resultados será no dia 14 de julho.

Fundador da Ricardo Eletro é preso em operação contra sonegação fiscal

O Ministério Público de Minas Gerais e a Receita Estadual realizaram nesta quarta-feira uma operação contra lavagem de dinheiro e sonegação fiscal em Belo Horizonte. Ricardo Nunes, fundados da rede Ricardo Eletro, e sua filha, foram presos. Em nota, a empresa informou que Ricardo Nunes não faz mais parte do quadro de acionistas do grupo.

Após pressão, governo diz que vai proibir queimadas na Amazônia por quatro meses

Pressionado inclusive por investidores estrangeiros, o governo de Jair Bolsonaro está preparando um decreto para proibir, por quatro meses, as queimadas legais na região da Amazônia e do Pantanal. A informação foi confirmada pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales. Segundo o ministro, ainda não há previsão de quando o texto será finalizado.

Facebook remove rede de contas falsas relacionadas ao PSL

O Facebook anunciou a remoção de uma rede de contas e páginas envolvidas na criação de perfis falsos e ‘comportamento não autêntico’. As contas tinham relação com o Partido Social Liberal (PSL) e também com os gabinetes da família Bolsonaro. Tanto os perfis no Facebook como no Instagram serão apagados.

Foto: André Melo Andrade