Geral Política

São Paulo deve receber 46 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, governo divulga calendário das parcelas do Auxílio Emergencial e mais notícias2 min

30/09/2020 2 min read

author:

São Paulo deve receber 46 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, governo divulga calendário das parcelas do Auxílio Emergencial e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

São Paulo assina contrato para ter 46 milhões de doses da vacina chinesa

O governo de São Paulo anunciou a assinatura do contrato com o laboratório chinês para o fornecimento do 1º lote da CoronaVac, a vacina chinesa contra a covid-19 produzida em parceria com o Instituto Butantan em SP. Segundo o governador, João Doria, São Paulo receberá essas doses até dezembro.

Candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden tem empasse com Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro rebateu, em sua rede social, a proposta do candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, de transferir dinheiro para preservar a Amazônia. Segundo Bolsonaro, as declarações foram lamentáveis e disse que o Brasil não está a venda.

Governo divulga calendário de pagamentos das parcelas do Auxílio Emergencial

O Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamentos das parcelas de R$ 300 do Auxílio Emergencial para beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família. Os calendários de pagamento levam em consideração a data em que o beneficiário recebeu a primeira das parcelas originais do benefício no valor de R$ 600. Confira abaixo as datas:

Desemprego no Brasil sobe para 13% e é a maior taxa desde 2012

A taxa de desemprego no Brasil bateu recorde de 13,8% no trimestre encerrado em julho, atingindo 13,13 milhões de pessoas. Um fechamento de 7,2 milhões de postos de trabalho em apenas 3 meses. É a maior taxa de desemprego desde que a pesquisa começou a ser feita em 2012.

Sem provas, Bolsonaro culpa ONGs por crimes ambientais

No seu discurso gravado para a cúpula sobre biodiversidade da ONU, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, sem provas, que as organizações, em parcerias com “algumas ONGs” comandam os crimes ambientais no Brasil e no exterior. Na semana passada, ele já havia discursado na ONU afirmando que o Brasil é “vítima” de uma campanha “brutal” de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal.

Foto: GOVESP