Geral Política

Tragédia em Brumadinho completa 2 anos e famílias ainda cobram justiça, janeiro ultrapassa dezembro em número de mortes por Covid-19 e mais notícias2 min

25/01/2021 2 min read

author:

Tragédia em Brumadinho completa 2 anos e famílias ainda cobram justiça, janeiro ultrapassa dezembro em número de mortes por Covid-19 e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Tragédia em Brumadinho completa 2 anos e famílias ainda cobram justiça

Dois anos após a tragédia em Brumadinho (MG), que deixou 272 mortos, familiares das vítimas ainda aguardam para receber a indenização. O Tribunal de Justiça da Minas Gerais tentou uma conciliação com a mineradora Vale, no entanto, ainda não houve nenhum acordo.

Janeiro ultrapassa dezembro em número de mortes por Covid-19

As mortes por Covid-19 no Brasil em janeiro ultrapassaram, o número de mortes registradas em todo o mês de dezembro. O mês já é o segundo consecutivo, desde julho, em que as mortes de um mês superam as do mês anterior.

Rodrigo Maia afirma que Ministro da Saúde cometeu crimes no enfrentamento à pandemia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou ‘não ter dúvidas’ de que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, cometeu crimes no enfrentamento à pandemia aqui no Brasil. Segundo Maia, a “irresponsabilidade” do ministro deve ser apurada em uma CPI no Congresso.

Bolsonaro diz que China liberou exportação de insumos para fabricação da CoronaVac no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse em uma rede social, que a Embaixada da China no Brasil informou que a exportação de 5,4 mil litros de insumos para produção da vacina contra Covid-19, está liberada. De acordo com o presidente, os insumos que serão utilizados para a produção da Coronavac já estão em uma “área aeroportuária” prontos para serem enviados ao Brasil.

Vazamento de dados expõem informações de 223 milhões de números de CPF

Dados pessoais de 223 milhões de brasileiros estão sendo vendidos em sites por criminosos digitais. De acordo com a empresa de tecnologia PSafe, que atua no ramo e descobriu a fraude, esse é o maior vazamento de dados já ocorrido no Brasil. As informações foram coletadas ilegalmente por um hacker que afirma ser estrangeiro, e comercializa os dados em pequenos lotes com mil registros. Por cada conjunto de dados, o hacker pede o equivalente a 100 dólares em bitcoins.

Foto: Adriano Machado