Geral Política

Lewandowski concede silêncio à Pazuello, Governo volta atrás e recompõe verba para universidades federais e mais notícias2 min

14/05/2021 2 min read

author:

Lewandowski concede silêncio à Pazuello, Governo volta atrás e recompõe verba para universidades federais e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Ministro Lewandowski concede silêncio à Pazuello na CPI da Covid

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, concedeu o habeas corpus ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello para que ele tenha o direito de ficar em silêncio na CPI da Covid. Pazuello foi convocado a depor no Senado pelos atos cometidos no período em que foi Ministro da Saúde.

Ministério da Saúde assina contrato para 100 milhões de vacinas da Pfizer

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinou um contrato que prevê a aquisição de mais 100 milhões de doses da vacina Pfizer. A empresa se comprometeu a entregar 200 milhões de doses da vacina apenas em 2021.

Governo volta atrás e recompõe verba para universidades

Um dia após as universidades federais ameaçarem interromper parte das atividades por falta de verba, o governo federal voltou atrás e liberou R$ 2,59 bilhões às instituições. Esses valores serão usados para custeio, pagamento de programas de bolsas de pesquisa próprios e investimentos.

Butantan entre 1,1 milhão de doses da CoronaVac e paralisa produção

O Instituto Butantan, em São Paulo, entregou mais 1,1 milhão de doses da CoronaVac nesta sexta-feira (14) ao Ministério da Saúde. No entanto, o Instituto suspendeu completamente a produção da vacina contra Covid-19 por falta de matéria prima. O instituto aguarda a liberação pelo governo chinês de um lote com 10 mil litros de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), o equivalente a 18 milhões de doses, para retomar a produção.

Brasil não fecha acordo do spray nasal com Israel

O governo brasileiro não fechou acordo para importar o spray nasal contra Covid de Israel. O spray era uma das apostas do presidente Jair Bolsonaro para combater o novo coronavírus no Brasil. Segundo um colunista da UOL que teve acesso aos documentos, o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo assinou um termo de cooperação com Israel. Porém, o Ministério da Saúde não ratificou o contrato, inviabilizando a aquisição do produto.

Maioria do STF exige que Censo 2022 seja realizado

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal votou a favor de que o governo federal seja obrigado a tomar medidas necessárias para realizar o Censo Demográfico no ano que vem. Em abril, o governo informou que o Orçamento de 2021 não reservava recursos para o Censo, o que levou ao cancelamento da pesquisa.

Foto: Getty Images