Geral Política

Bolsonaro diz que haverá ‘pequena mudança ministerial’ na próxima semana, Pandemia deixou mais de 1 milhão de crianças órfãs e mais notícias2 min

21/07/2021 2 min read

author:

Bolsonaro diz que haverá ‘pequena mudança ministerial’ na próxima semana, Pandemia deixou mais de 1 milhão de crianças órfãs e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Bolsonaro diz que ‘pequena mudança ministerial’ deve ocorrer na segunda-feira

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que uma pequena mudança ministerial deve ocorrer na próxima segunda-feira, dia 22. Ele argumentou que a reforma nos ministérios vai ser importante para “continuar administrando o país”.

Ministro da Educação defende retorno de aulas presenciais

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, em pronunciamento na televisão, defendeu o retorno urgente das aulas presenciais em todo o país. Por lei, os estados e municípios têm autonomia para decidir sobre a volta às aulas de cada local. O ministro afirmou que não tem autonomia sobre o tema mas disse que “a vacinação de toda a comunidade escolar não pode ser condição para a reabertura das escolas”.

Pandemia deixou mais de 1 milhão de crianças órfãs

Um estudo divulgado pela revista científica The Lancet, aponta que cerca de 1,5 milhão de crianças no mundo perderam os pais, avós ou outras pessoas responsáveis por eles em razão da Covid-19. De acordo com o levantamento, o Brasil figura como um dos países em que proporcionalmente essa ocorrência é maior, com 130 mil crianças que perderam o principal responsável pelos seus cuidados.

Bolsonaro estuda recriar Ministério do Trabalho para Onyx Lorenzoni

O presidente Jair Bolsonaro está avaliando recriar o Ministério do Trabalho e Previdência para nomear Onyx Lorenzoni como chefe da pasta. Atualmente, Onyx é ministro da Secretaria-Geral do governo. Bolsonaro também afirmou que está estudado mudar o comando da Casa Civil para o senador Ciro Nogueira. Se tudo que Bolsonaro disse for confirmado, pela primeira vez, o Centrão vai comandar um dos ministérios mais importantes do governo.

TCU dá 120 dias para governo dizer como vai ‘corrigir’ a falta de fiscalização na Amazônia

O plenário do Tribunal de Contas da União decidiu abrir um prazo de 120 dias para o governo federal apresentar um plano de ação para consertar os erros no combate ao desmatamento na Amazônia. O relatório do TCU diz que as falas de Jair Bolsonaro e do ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, prejudicam o trabalho do Ibama e incentiva o desmatamento ilegal.

Foto: Agência Brasil