Geral Política

Procuradoria abre inquérito para apurar suspeita de propina na compra de vacinas AstraZeneca, Dívida Pública deve se aproximar de 82% e mais notícias2 min

23/07/2021 2 min read

author:

Procuradoria abre inquérito para apurar suspeita de propina na compra de vacinas AstraZeneca, Dívida Pública deve se aproximar de 82% e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Procuradoria abre inquérito para apurar suspeita de propina na compra de vacinas

A Procuradoria da República do Distrito Federal determinou a abertura de um inquérito para apurar o suposto pedido de propina de 1 dólar por dose em negociação na compra de vacinas AstraZeneca. Segundo a Procuradoria, serão analisados todos os atos praticados pelo então diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias.

Crescimento de demanda de energia agrava situação nos reservatórios

De acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), entidade que coordena a geração e transmissão de energia elétrica no Brasil, a perspectiva de aumento no consumo de energia nos próximos meses deve levar os reservatórios ao limite em novembro. A ONS fala em “esgotamento de praticamente todos os recursos”.

Dívida pública deve se aproximar de 82% do PIB em 2021

O secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, afirmou que a dívida pública federal deve se aproximar de 82% do PIB brasileiro até o final de 2021. Com a pandemia, a dívida pública federal ultrapassou a casa dos R$ 5 trilhões pela primeira vez na história no fim de 2020.

Por falta de vacina, prefeitura do Rio de Janeiro suspende aplicação

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou que, por falta de doses, as aplicações das primeiras doses estão suspensas na cidade. No entanto, os postos de vacinação continuarão atendendo as pessoas agendadas para tomar a segunda dose.

Paulo Guedes defende mudança ministerial

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu a minirreforma ministerial anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro. Guedes afirmou que a mudança não vai mexer com a política econômica do governo, mas disse que é natural que o governo reformule a equipe para buscar mais apoio do Congresso.

Mourão diz que ninguém proibirá eleições no Brasil e que eleição acontecerá mesmo sem voto impresso

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que “é lógico” que haverá eleições no Brasil em 2022, mesmo que não seja aprovada a proposta do voto impresso que é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro. Segundo o vice, o Brasil “não é uma república de bananas”.

Foto: Bloomberg