Geral Política

Ministros e parlamentares se manifestam após atos antidemocráticos apoiados por Bolsonaro no 7 de setembro e mais notícias2 min

08/09/2021 2 min read

author:

Ministros e parlamentares se manifestam após atos antidemocráticos apoiados por Bolsonaro no 7 de setembro e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Após atos em apoio a Bolsonaro, presidente da Câmara pede pacificação e defende urna eletrônica

Um dia após os protestos em apoio a Bolsonaro, o presidente da Câmara, Arthur Lira, se manifestou em um pronunciamento ao vivo na TV Câmara. Lira defendeu a ‘pacificação’ entre os poderes e disse que o país tem um compromisso ‘inadiável’ com as urnas eletrônicas em 2022, se referindo às eleições do ano que vem.

Especialistas dizem que ameaças de Bolsonaro ao STF são crimes de responsabilidade

Ao declarar que não vai cumprir “qualquer decisão” do ministro Alexandre de Moraes, do STF, o presidente Jair Bolsonaro teria cometido crime de responsabilidade por desrespeitar o Supremo e os outros Poderes. A avaliação é de juristas consultados pelo portal UOL após as falas do presidente nos atos no dia 7 de setembro.

PSDB anuncia oposição ao governo

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, disse nesta quarta-feira (8), que o partido reconheceu que Bolsonaro cometeu crimes de responsabilidade e anunciou oposição formal do partido ao governo. O presidente do partido disse ainda que um eventual processo de impeachment de Bolsonaro envolve “diversos requisitos” .

Anvisa autoriza uso emergencial de remédio para tratar Covid

A Anvisa aprovou por unanimidade o uso emergencial de mais um medicamento contra a Covid-19: o Sotrovimabe. Este já é o quinto medicamento aprovado pela Anvisa e para ser utilizado precisa estar dentro das recomendações nos hospitais.

Demarcação de terras indígenas deve ser votado nesta quinta

O julgamento sobre a PL da demarcação de terras indígenas foi suspenso nesta quarta-feira e deverá ser finalmente votado nesta quinta (9). Desde o dia 26 de agosto, está em pauta no STF a questão da demarcação das terras indígenas se deve seguir, ou não, o critério que define que os indígenas só podem reivindicar as terras que já eram ocupadas por eles antes da Constituição de 1988.

Foto: Adriano Machado