Geral Internacional Política Saúde Sem Categoria

Luciano Hang, da Havan, depõe na CPI da Covid, Corte de energia voltará a ser permitido no país e mais notícias2 min

29/09/2021 2 min read

author:

Luciano Hang, da Havan, depõe na CPI da Covid, Corte de energia voltará a ser permitido no país e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Empresário Luciano Hang depõe à CPI da Covid

O empresário dono da rede varejista Havan, prestou, nesta quarta-feira (29) depoimento à CPI da Covid. O empresário foi vestido com um terno verde e amarelo, levou fã clube próprio e provocou os senadores pedindo “mais senso de humor”. À CPI, Luciano Hang negou participar de qualquer gabinete propagador de fake news, defendeu os tratamentos sem eficácia contra Covid e atribuiu o erro na certidão de óbito da mãe ao médico de plantão que não incluiu “Covid” como causa da morte. O dono da Havan, disse ter ficado sabendo, pelos senadores, que o atestado de óbito da mãe não tinha Covid-19 como causa da morte.

Prevent Senior nega acusações e afirma que sempre atuou de forma ética e legal

A empresa de plano de saúde Prevent Senior, alvo de denúncias de irregularidades na atuação durante a pandemia, informou, em nota, que “nega e repudia as acusações mentirosas levadas anonimamente à CPI da Covid e à imprensa” e afirma “nunca ter escondido ou subnotificado os óbitos”. A empresa disse também que “sempre atuou dentro dos parâmetro éticos e legais”. Sobre o depoimento da advogada Bruna Morato na terça-feira (28) à CPI, a Prevent Senior disse que “o mesmo teor dessas imputações foi trazido à empresa, antes da CPI, pela advogada Bruna Mendes dos Santos Morato, que pediu a quantia de R$ 3,5 milhões para não acusar a Prevent”.

Corte de energia volta a ser permitido

O corte de energia elétrica nas casas, por falta de pagamento, boltará a ser permitido a partir da próxima sexta-feira (1). Em abril, a Aneel suspendeu o corte de luz em razão da crise provocada pela pandemia.

Anvisa pede informações sobre a Prevent Senior a vigilâncias sanitárias

A Anvisa enviou às vigilâncias sanitárias de São Paulo, vários pedidos solicitando informações sobre a atuação da Prevent Senior. Nos documentos, a Anvisa pede que, em 48 horas, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de São Paulo e o Centro de Vigilância Sanitária do estado informem as medidas que estão sendo tomadas para “cumprimento da legislação sanitária vigente”.

ONU afirma que pandemia agrava desigualdade social no Brasil

Um relatório inédito divulgado nesta quarta-feira (29) pela ONU mostra que, embora a pandemia tenha atingido todos os países, as consequências devem ser piores em países com maior desigualdade social, como o Brasil. No documento, a ONU reconhece que o país tem vários progressos, mas que a pandemia deve gerar retrocessos em conquistas sociais e econômicas.

Foto: Edilson Rodrigues