Eleições Geral Política

Pílula experimental da Pfizer contra Covid tem eficácia de 89%, Gilmar Mendes ataca Sergio Moro e Deltan Dallagnol e mais notícias2 min

05/11/2021 2 min read

author:

Pílula experimental da Pfizer contra Covid tem eficácia de 89%, Gilmar Mendes ataca Sergio Moro e Deltan Dallagnol e mais notícias2 min

Reading Time: 2 minutes

Pílula experimental da Pfizer reduz em 89% risco de casos graves de Covid-19

Estudos preliminares da farmacêutica Pfizer mostraram que a pílula Paxlovid contra a Covid-19 reduziu as hospitalizações e mortes em pacientes de alto risco em até 89%. De 389 pacientes que tomaram o comprimido em até três dias após os sintomas, apenas 3 precisaram ser hospitalizados e nenhum morreu. Apesar do sucesso, a pílula ainda não foi revisada por outros cientistas.

Gilmar Mendes ataca Lava Jato após candidatura de Moro e Dallagnol

O ministro do STF Gilmar Mendes, usou as redes sociais para comentar, sem citar nomes, que a entrada de Sergio Moro e Deltan Dallagnol na disputa eleitoral sempre foi o projeto político deles. Gilmar disse “alerto há alguns anos para a politização da persecução penal. A seletividade, os métodos de investigações e vazamento: tudo convergia para um propósito claro. Demonizou-se o poder para se apoderar dele.”

Planalto teme derrota no STF em ação que questiona votação da PEC dos Precatórios

Após um grupo de deputados entrarem com uma ação no Supremo Tribunal Federal para contestar a maneira de votação adotada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira, o Planalto está temendo uma derrota da PEC. A PEC, principal aposta do governo para aprovar o programa Auxílio Brasil, foi aprovada, de maneira apertada, em primeiro turno na Câmara. No entanto, para alguns deputados, o governo só conseguiu essa votação porque o presidente da Câmara adotou manobras irregulares na votação.

Barroso envia pedido de investigação sobre suposta prática de rachadinha de Alcolumbre

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, encaminhou à Procuradoria Geral da República o pedido de investigação sobre a suposta prática de rachadinha no gabinete do ex-presidente do Senado, Davi Alcolumbre. De acordo com a reportagem da revista Veja, Alcolumbre empregou funcionárias fantasmas por cinco anos e desviou pelo menos R$ 2 milhões.

Coordenadores do Inep pedem demissão duas semanas antes do Enem

Dois coordenadores importantes que trabalhavam no Inep pediram exoneração de suas funções nesta sexta-feira (5). Eduardo Carvalho e Hélio Junior Rocha Morais ocupavam cargos diretamente ligados à aplicação do Enem que está previsto para acontecer nos dias 21 e 28 de novembro.

Foto: Reuters